Giz na mão, giz no chão, giz no papel, giz na lousa...

 O mesmo instrumento em diferentes suportes, explorando diferentes maneiras de usá-lo!

Giz no chão

Percebam como para as crianças é um desafio descobrir uma boa posição para desenhar e que assim fica muito mais fácil compartilhar descobertas, além de ver o desenho por outro ponto de vista.










Giz na lousa

Nesse momento as crianças tem oportunidades de usarem os movimentos do corpo para desenhar, esticando os braços o quanto podem, girando os braços como se fosse um compasso , usando as duas mãos e também andando de um lado ao outro para riscar linhas bem maiores e explorar o espaço.












Giz no papel

Aí vem o momento de admirar as cores, as texturas, compartilhar descobertas e experimentar cada vez mais!!





Laís- 4 anos

Bianca e Camily - 4 anos

Rebeca e Felipe - 4 anos

Bianca- 4 anos

Rebeca e Fernando - 4 anos
Pedro- 4 anos

Juan- 4 anos

Vanessa - 4 anos

Isabela- 4 anos

Pedro- 4 anos



Comentários

  1. Hoje (ontem) fiz atividade com giz no chão com os bebês eles adoram gizes coloridos , deitam-se no chão e pedem para que os contorne , adoram!!!O Inspetor Pitágoras faz uns desenhos muito legais e os bebês o cercam e desenham sobre o desenho dele imitando seus movimentos é muito gratificante essas interações adulto criança e muito prazerosa!Vou fazer essa com giz molhado no papel amanhã! Lindo meninas Continuem!

    ResponderExcluir
  2. Que bom Mary, você está registrando essas experiências? Você pode mandar para nós no e-mail rodadeinfancia@gmail.com e aí postamos aqui. O que acha?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante!!

Postagens mais visitadas deste blog

Grafismo Infantil - Estágios do desenho segundo Lowenfeld e Luquet

O Material Não Estruturado